Retomadas tratativas para a implantação do Museu Simplício Dias da Silva em Parnaíba

Representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e da empresa de engenharia “EquipeB”, reuniram-se durante toda a manhã desta sexta-feira (26) no gabinete da Prefeitura de Parnaíba com o Superintendente de Cultura, Teófilo Lima, com o vice-prefeito, Marcos Samaronne, chefe de gabinete Israel Correia, além da engenheira do município, Paula Campanelli. 


Na pauta, foi discutido o projeto de implantação do museu da Casa Grande Simplício Dias da Silva, situado no Centro da cidade, próximo à ponte que liga Parnaíba à Praia da Pedra do Sal. Após os engenheiros Leandro e Fernando Pacheco explanarem sobre o projeto para os participantes, teve início uma roda de conversa sobre os passos que deverão ser seguidos, alinhados à realidade de Parnaíba. Todos os projetos desenvolvidos pela empresa mineira são ligados à cultura, sendo que eles têm empreendimentos em Minas Gerais (Museu da UFMG), no Rio de Janeiro (Sítio Arqueológico da Fiocruz), em Alagoas e no Amazonas, entre outros estados. 

  

O projeto de implantação do Museu Simplício Dias da Silva existe desde as primeiras tratativas para a restauração do Casarão, idealizado pelo IPHAN, o que ocorreu entre 2010 e 2012, com o apoio e contribuição do município. Conforme ressaltou Teófilo Lima, uma cidade histórica como Parnaíba e ao mesmo tempo, com grande vocação para o turismo, necessita de um museu voltado para a preservação da história e da vida do município. “Tanto para nossa história, quanto para o nosso sentimento de pertencimento, se faz extremamente necessário a implantação do Museu Simplício Dias da Silva. Será uma virada de página porque a partir daí a gente fará a população entender a importância da nossa cidade que já detém o título de Cidade Histórica, reconhecida pelo IPHAN”, ponderou Teófilo.

Comentários

Postagens mais visitadas