Escola de Música Dona Mana

Fundada e criada em 19 de setembro de 2017 com aula inaugural nesta mesma data, pelo Maestro Clécio Albuquerque, com o apoio do Prefeito Mão Santa e do então Superintendente de Cultura, Teófilo Lima. Em 2018 a Escola ganhou novos instrumentos por meio de convênio entre Prefeitura e FIEPI. O nome da escola é uma homenagem à Maria do Carmo Oliveira Souza (Dona Mana), mãe de Antonio José de Moraes Souza Filho, presidente da FIEPI.
A Escola funciona atualmente na Casa Grande de Simplício Dias da Silva, com aulas de segunda a quinta, das 14h às 21h. Atualmente a coordenação e o corpo docente são compostos por músicos da Banda Municipal e da Superintendência de Cultura: 1 coordenador e 4 docentes. Possui em 2020, 45 alunos. Instrumentos: 9 violinos, 3 violoncelos, 2 trompetes, 2 bombardinos, 1 bombardão, 2 trompas, 3 trombones, 1 flauta transversal, 6 clarinetes, 2 sax tenor, 2 sax alto, 1 bateria completa.






back to top